Novo grupo AntiSecPT ataca sites dos Bancos e SIS

O novo grupo AntiSecPT, junção de membros do LulzSec Portugal e Anonymous Portugal, começaram ataques aos sites do Banco de Portugal, CGD e ao SIS. Outros virão.

As “hackvidades” contra sites do Estado tem sido a principal notícia da semana, havendo, agora, um novo grupo português responsável.

O AntiSecPT é um novo grupo de hackers que contém membros do LulzSec Portugal e Anonymous Portugal, que irão efectuar ataques a sites do Estado e responsáveis por corrupção e outros assuntos criticados pela população. Os ataques começaram ontem, no dia 1 de Dezembro, deitando vários sites a baixo, como o caso do Banco de Portugal e do SIS.

O site do SIS foi o primeiro a ficar em baixo, provavelmente devido à divulgação de uma notícia indicando que o SIS já teria identificado 2 membros do LulzSecPT.

Durante o dia vários sites foram atacados e ficaram down. Banco de Portugal, Caixa Geral de Depósitos e Ministério da Economia foram alguns dos sites que ficaram inacessíveis devido a ataques DDoS, negação de serviço.

Os ataques informáticos têm sido notícia nos últimos dias, com ataques a sites das Finanças e PSP, que culminou na divulgação de dados pessoais de 107 polícias.

Deixe aqui o seu comentario

Loading Facebook Comments ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

No Trackbacks.