Em Peniche o mar não dá só peixe

Uma nova tecnologia com potencial para colocar Portugal na vanguarda da produção mundial de energia através das ondas do mar foi instalada ao largo da praia da Almagreira.

“Capital da Onda” e cidade piscatória, por estes dias Peniche está no centro das atenções mas por outros motivos que não os desportos náuticos ou o bom peixe. As razões são bem mais científicas. Trata-se do primeiro protótipo mundial de produção de energia através do movimento das ondas do mar, que já está fundeado e pronto para começar a gerar eletricidade.

A tecnologia foi desenhada pela empresa finlandesa AW Energy e posta em prática pelos Estaleiros Navais de Peniche que construíram, a 500 milhas da praia e a 20 metros de profundidade, uma plataforma metálica de 40 metros destinada a aproveitar a força das ondas. A energia é gerada com recurso a três pás gigantes que oscilam debaixo de água com o movimento das ondas e conseguem produzir até 100 killowats cada uma, o suficiente para abastecer entre 40 a 60 habitações.

Prevê-se que dentro de três anos seja possível a instalação de mais cinco pás, o equivalente a 500 kw, e dependendo do sucesso do projeto, talvez se avance para a criação de um grande parque mundial de energia das ondas na praia da Almagreira. A zona reúne as condições propícias para a conversão de energia das ondas. Para além das condições naturais, possui à semelhança do resto do país, infraestruturas bem desenvolvidas e bons conhecimentos científicos e tecnológicos.

Esta tecnologia não altera ou danifica o natural movimento da água. A nível visual o impacto é nulo. Também os equipamentos e materiais são compatíveis com o meio marinho. O investimento inicial foi de cinco milhões de euros, três dos quais financiados pela Comissão Europeia, mas podem ser precisos mais 100 milhões para colocar Portugal na linha da frente de produção deste segmento de energia.

A energia das ondas tem um potencial incontestável: a sua densidade energética é 10 vezes superior à da energia eólica e 100 vezes mais elevada do que a da radiação solar.

Deixe o seu comentario

Loading Facebook Comments ...

One thought on “Em Peniche o mar não dá só peixe

  1. Pingback: Em Peniche o mar não dá só peixe |

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>