Nokia em dificuldades baixa para metade preço do Lumia 900

A Nokia reduziu para metade o preço do smartphone Lumia 900 nos Estados Unidos da América. A promoção pretende atrair clientes, que têm sido cada vez mais seduzidos pelos modelos das rivais Samsung ou Apple, mas foi recebida negativamente pelos investidores, que viram a ação como um ato de desespero em virtude do mau momento da empresa.

Com efeito, A Nokia, outrora líder de mercado no segmento dos telemóveis, tem registado alguns prejuízos muito em parte devido à aposta tardia neste tipo de telemóveis inteligentes e luta  por um lugar entre os maiores vendedores do ramo.

De acordo com a Reuters, a Samsung vendeu cerca de 50 milhões de smartphones no segundo trimestre deste ano e a Apple 30 milhões de iPhones, ao passo que a Nokia não ultrapassou os dez milhões de smartphones.

O certo é que as ações da empresa finlandesa estão em queda e a Nokia tem mesmo passado por um período difícil marcado, por exemplo, pelo corte no rating para “lixo”, ou pelo anúncio do despedimento de 10 mil trabalhadores no mês passado, uma das medidas adotadas na reestruturação da empresa.

O Lumia 900, lançado apenas há três meses, custa agora apenas 40 euros. Em Portugal o smartphone foi lançado este mês e ronda os 500 euros.

O corte no preço, justificado pela Nokia como fazendo parte de “um ciclo normal na gestão do equipamento” poderá traduzir-se pela sua dificuldade em implantar-se no mercado e constitui um novo indicador de que a empresa já teve melhores dias.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>