Novo Parlamento com custo por cadeira de 2.500 euros

Cadeiras do parlamento queniano

Novas cadeiras do Parlamento queniano custam 2.500 euros cada

O renovado Parlamento do Governo de Nairobi, no Quenia, tem um custo por cadeira de 2.500 euros. A comodidade no novo Parlamento queniano custou aos contribuintes cerca de 10 milhões de euros.

A entrada na era digital ficou cara para os políticos quenianos. Cerca de 2.500 euros é o preço por cadeira do novo Parlamento queniano, um apetrecho que custou aos contribuintes cerca de 10 milhões de euros.

“A diferença em relação ao passado é que antes os deputados tinham de gritar para chamar a atenção do presidente e agora, com as novas instalações, já podem utilizar botões eletrónicos quando quiserem contribuir para os debates”, explicou o porta-voz do parlamento, Kenneth Marende.

Merende acrescentou que “a nova imagem da sala pretende dar aos seus membros um espaço maior e outra comodidade para realizarem o seu trabalho”.

O Quenia apresenta um rendimento per capita de 1.400 euros anuais e segundo a organização Transparência Internacional encontra-se entre as trinta nações mais corruptas do planeta. Em 2010 os deputados aprovaram um aumento salarial de 18 por cento, passando a ganhar 95 mil euros anuais. O presidente Kibaki apresenta uma fatia salarial anual de 180 mil euros.

Pin It

Deixe o seu comentario

Loading Facebook Comments ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>