Pinterest chega ao Android e iPad

A rede social dos quadros de cortiça digitais está a crescer a olhos vistos. A empresa reconhece a importância que o setor móvel representa e lançou duas novas aplicações, ao mesmo tempo que reformulou a app do Pinterest para iPhone.

A aplicação para Android acaba por ser o grande destaque pois além de ser a mais desejada e pedida por boa parte dos utilizadores da rede social, foi construída de raiz a pensar no sistema operativo do robô verde. A construção da aplicação para iPad foi menos elaborada, pois parte do código já estava preparado da aplicação que existia para iPhone e que também foi atualizada.

“O conceito do Pinterest está relacionado com a interação com o mundo, não com o ficar sentado a um computador”, referiu Ben Silbermann, cofundador da rede social. Os pedidos da aplicação para Android eram tão frequentes pelos utilizadores que a situação acabou por se tornar numa piada dentro dos corredores da empresa, confessou Silbermann. À medida que a marca ia apresentando e implementando novidades na versão web do serviço, aparecia sempre alguém que perguntava “Onde está a aplicação para Android?”.

Na versão para iPad a diferença está na existência de um browser próprio dentro da aplicação que permite ver que utilizadores fizeram pin de imagens ou vídeos a partir da página na qual o Piner se encontra. A versão para iPhone apenas sofreu uma remodelação no design da app.

Recentemente o Pinterest deixou de exigir o uso de convites aos novos utilizadores, tendo aberto as inscrições de modo indiferenciado em todo o mundo. A rede social fez em maio de 2012 uma angariação de fundos no valor de 100 milhões de dólares, aumentando o capital da marca para os 1,5 mil milhões de dólares.

As novas aplicações foram anunciadas durante uma festa de verão no novo quartel-general da empresa em São Francisco, EUA.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>